Início Facebook Site E-mail

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

PINCEL PARA COBERTURA DE PELE




Este pincel prateado é o meu queridinho do momento. Depois de fazer uma pele com ele, não quero mais nenhum outro... As fibras deste pincel são simplesmente demais, contrariamente a quase todos os outros pincéis destinados a esta finalidade, este não deixa nenhuma marca na pele da cliente, sendo ideal para bases HD e a pele fica como se tivesse sido feita com airbrush!

Trata-se do PINCEL 8720 da KRYOLAN, de fibras sintéticas extremamente macias.




Eu estava na Europa e vi o conjuntinho de pincéis da Kryolan em liquidação. Hesitei porque já tenho muitos pincéis, mas devido ao preço em conta e por ser viciada em pinceis, resolvi arrematar o kit...  Foi uma das melhores compras que eu fiz! Os outros pincéis do conjunto são menos firmes, mas este para a cobertura da pele realmente vale por todos!  Não hesite se você puder comprar essa Mercedes Benz! 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Pincéis Pálpebra Macrilan



Devido a vários pedidos de indicações de pincéis mais em conta e nacionais, vou listar aqui alguns pincéis que meus alunos trouxeram ao longo de nossos cursos no LE GRAIN  e que podem ser interessantes para maquiadores iniciantes que estão fazendo economia ou que têm pressa e não podem esperar o tempo que requer uma compra no exterior.

Vou começar com os pincéis da Macrilan. São muito baratos e, o melhor da história, não parecem coisa barata (não possuem os pelos abertos, brilhantes de nylon... Confiram, pelas fotos, como o look deles é formidável!). O formato e a qualidade dos  pelos me convenceram. Não sei a durabilidade destes pincéis, mas vale a pena comprar e experimentar.




Olha, eu não não acho interessante a compra do KIT, pois neste vocês terão apenas uma unidade de cada pincel . Particularmente indico a compra de várias unidades de alguns pincéis que serão muito úteis na realização de algumas técnicas específicas.

Este W107 é bacana!


Apreciei  sobretudo os seguintes pincéis da Macrilan e, abaixo, indico a quantidade que deve ser adquirida para meus alunos que ainda não possuem pincéis de tamanhos diferentes para as diversas áreas dos olhos:

MACRILAN W 113 (indico comprar 3 deste formato)
MACRILAN W 907 (também 3 unidades)
MACRILAN W 107 (4 unidades)
MACRILAN W 105 (indico 4 unidades)

Este 113 eu aconselho!

Este 907 é indicado para o cantinho externo do olho!


Em Belo Horizonte, vocês podem encontrar estes pincéis na:  CABELO CORPO  & CIA – Rua São Paulo 271, Centro

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

GAINSBOURG, VIE HÉROÏQUE



Este filme incrível nos conta um pouco da história do cantor, compositor , intérprete , escritor e pintor Serge Gainsbourg, artista provocador e rebelde que ao longo de sua carreira de mais de 30 anos se tornou uma celebridade na França. 
Não se trata exatamente de um filme musical, ainda que diversas cenas sejam compostas por ‘reprises’ de canções conhecidas, entre elas,  Le Poinçonneur des LilasLa Javanaise, Comic Strip, ‘Je t´aime moi non plus’...para citar apenas algumas...


O filme é uma boa lição para os maquiadores, ou futuros caracterizadores, já que Juliette Gréco (encarnada por Anna Mouglais), Boris Van (Philippe Katerine) , Brigitte Bardot (por Laetitia Casta), Jane Birkin (por Lucy Gordon) para não falar no próprio Gainsbourg (Eric Elmosnino), foram  caracterizados de modo incrível com figurino, maquiagem e cabelo, impecavelmente elaborados. Este trabalho de caracterização adicionado ao trabalho de interpretação (impostação da voz, sotaque, trejeitos, gestos...) nos faz reencontrar ícones da cultura francesa e de Paris das décadas de 50, 60 e 70.
O namoro com Brigitte Bardot...
O 'Affair' com Juliette Gréco...
O encontro e o casamento com Jane Birkin

Vivências com Boris Vian
Vida a dois com Birkin e o lançamento da cançao 'Je t´aime, moi non plus", verdadeiro escandalo na cena musical francesa e mundial


O encontro com Bamboo, com quem teve seu último filho.

Cabe ainda ressaltar  que Eric Elmosnino recebeu o César do cinema em 2011 pelo trabalho perfeito.


Joann Sfar, realizador do filme, representou o herói possuído por um outro ‘eu’ (encarnado por um ser que possui uma cara de batata e o aspecto de um rato). 

A narrativa é justamente perfeita  para quem deseja  aprimorar seus conhecimentos sobre a cultura musical da época, divertir-se  ou apenas rever e recordar Gainsbourg através da  fantasia e da realidade evocadas na trama.

TEXTO REDIGIDO POR KRIS XIVA E REVISADO POR CLÁUDIA INÊS ROCHA VIEIRA.