Início Facebook Site E-mail

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A TÉCNICA DO STROBING




Como as técnicas francesas de maquiagem proporcionam maquiagens mais delicadas e sutis,o strobing, para os americanos, seria a técnica do contouring à la française ou à moda francesa....

Esta técnica produz um look mais natural e, evidentemente, é uma alternativa interessante para esculpirmos o rosto de forma sutil e saudável ao possibilitar acentuarmos os pontos de luz do rosto com um produto que vai estruturar o rosto iluminando-o em alguns lugares estratégicos (lábios, testa, a parte alta das bochechas). 




Na verdade o Strobing não é uma descoberta nova, pois é uma velha astúcia usada pelos maquiadores dos grandes desfiles internacionais para trazer luz para a tez dos modelos .
Ao contrário do ‘contouring’, nesse tipo de produção não haverá a aplicação de um produto de tom mais escuro do que a pele para fazer o contorno.

PRODUTOS
Os produtos que podem ser utilizados para a realização do strobing são iluminadores líquidos ou cremosos, assim como alguns pigmentos claros. Você também pode usar sombras em pó para provocar este efeito com maior facilidade, mas estas proporcionarão um efeito bem mais discreto.



LIMITES
Cuidado com os excessos. Mal começou a ser popularizado, o strobing já começou a ser usado indiscriminadamente sem precaução em todos os tipos de pele, ressaltando espinhas, poros abertos, rugas e marcas de expressão... Os resultados catastróficos mostram que esta técnica deve ser usada apenas em peles jovens, bem cuidadas, sem marcas, cicatrizes e sem poros abertos, pois com certeza evidenciará estes problemas. 
 

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

MAQUIAGEM - A TÉCNICA BAKING






Nas redes sociais, a técnica do contouring está sendo substituída pela técnica do BAKING ou, como algumas preferem dizer, COOKING. Assim como a anterior, esta técnica e estes termos não são novos, sobretudo para quem já estudou maquiagem em alguma escola europeia ou americana. 


Com relação ao termo baking, este é utilizado sobretudo no universo das drag queens há vários anos... A técnica consiste em aplicar o pó solto de uma maneira que a maquiagem dure de forma que não precise ser retocada com pó durante o espetáculo. 




O método consiste em:
-Bem hidratar a pele e o contorno dos olhos
-Aplicar uma boa camada de base e de corretivo
-Aplicar uma camada espessa de pó solto fino de um tom mais claro (ou dois tons) do que o tom da pele, com uma esponja , embaixo dos olhos, nas maçãs do rosto, na linha mediana do nariz, na testa e no queixo (enfim, nos lugares que devem ser iluminados).

-Deixar essa espessa camada de pó repousar sobre a pele de 10 a 30 minutos, o que fará com que o calor da pele o ‘cozinhe’, fixando assim de maneira mais eficaz tanto a base quanto o corretivo.

-Varrer o excedente de pó com um pincel leque.



ATENÇÃO!

-Este método não é indicado para todas as pessoas e nem para todas as ocasiões!

-Como já mencionamos, o baking é, sobretudo usado pelas drag queens. Com esta técnica podemos obter resultados incríveis tanto para a fotografia quanto para o teatro e mesmo para uma noite mais extravagante, mas tome cuidado pois esta técnica não convém para o uso cotidiano!


- O baking é um processo bacana para fixar e manter a maquiagem, sobretudo se esta for ser usada em ambientes quentes e sob a luz dos projetores. Este método é incrível de ser usado para maquiagens que devem ser fotografadas mas pessoalmente, ou seja, ao vivo,  a maquiagem fica carregada e artificial.

-Se você tem a pele seca, o baking também não é indicado, pois ele dá um aspecto matificado (e seco) à pele.



-O pó se aloja nas rugas acentuando-as, então este método envelhece ainda mais as peles maduras.

CONSELHOS :

-Utilize o método do baking de maneira seletiva. 

Evite usar o pó desta maneira se houver rugas embaixo dos olhos.

-Não aplique sistematicamente o pó com a mesma intensidade que você vê no youtube. Equilibre melhor a aplicação para não ter muita textura e 'engrossar' a pele.